Comportamento e educação Filhos

Tecnologia – sua forte presença na vida das nossas crianças

18 de Maio de 2015

Hoje quero falar sobre algo que me preocupa muito, talvez por ser uma das coisas que tenho menos controle aqui em casa: a verdadeira paixão da minha pequena pelo meu i pad e pelo meu i phone! Meu Deus! Ela ama brincar com eles e me deixa impressionada com a facilidade de manuseá-los! O fato é que ela tem apenas dois anos de idade! Ok, acho lindinho vê-la abrir os seus aplicativos, fechá-los se não a interessar, cantar junto as musiquinhas, montar quebra-cabeça, guardar brinquedinhos em baús de acordo com os seus formatos, apontar para os animais e dizer seus nomes… O fato é que as crianças estão cada vez mais ligadas à tecnologia e isso não deixa de nos preocupar! Luana tem contato com o meu i pad desde pequena, por volta dos seus 2 ou 3 meses! Me lembro que, depois de amamentá-la, pela manhã, eu a deixava um pouquinho na minha cama, ouvindo músicas para bebê, enquanto descia para tomar o meu café! Já por volta dos 4 ou 5 meses, ela se interessava pela tela, colorida, cheia de bichinhos e luzes, sons variados… Enfim! Talvez eu tenha apresentado essa tecnologia pra ela cedo demais, mas também não acho que esse é o motivo para o seu deslumbramento! Bebês e crianças adoram mesmo brincar com tablets e celulares! Não é?
As matérias que falam a respeito do assunto “tecnologia x crianças” são muitas e todas elas com grande alerta para o uso da tecnologia! Especialistas dizem que deve haver limites, que seu uso em excesso pode causar danos aos bebês e às crianças, relacionados ao desenvolvimento cerebral e até mesmo ao apetite e ao sono! E ainda, se fazem uso excessivo dos tablets, smartphones e celulares, acabam por terem uma vida sedentária e sabemos que vários são os prejuízos trazidos pelo sedentarismo! No caso dos bebês, acho ainda mais preocupante, pois, por estarem numa fase de crescimento, precisam ser estimulados a explorar o ambiente através das brincadeiras, do engatinhar e do andar, por exemplo! E para brincar com os aparelhos, basta estar sentadinho, não é mesmo?
Concordo que tudo isso traz prejuízos aos pequenos e sei que o limite é fundamental! Mas, confesso: tenho dificuldades! As brincadeiras rolam muito por aqui! Luana brinca, corre, cai, pula, sobe, desce, nada, vai para a casa de coleguinhas, para a pracinha, para a piscina… mas, faz uso do i pad ou do i phone, pelo menos uma vez por dia! Ai! Me julguem! rsrs… A falta de paciência ou a necessidade de um tempo para fazer alguma coisa que precisa ser feita em determinado momento faz com que permitamos o uso do aparelho! Mas não somente por isso! Existem brincadeiras e joguinhos bastante educativos nesses equipamentos, que realmente ensinam as crianças!
Preciso colocar mais limites, eu sei! E pra isso, papai e demais cuidadores devem estar comigo! O fato é que nós mesmos somos bem ligados à tecnologia e as crianças tendem a nos imitar… Verdade? Ai que difícil!
Isso tudo é muito novo gente! Até mesmo os estudos que falam sobre essa relação das crianças com a tecnologia, e daí nos vemos, muitas vezes, perdidas mesmo! Como é por aí? Os pimpolhos também apresentam essa paixão pelos tais aparelhos? Vocês estipulam um tempo para o uso durante o dia? Ou durante a semana? Que tal falarem um pouquinho sobre o que acontece por aí?
Beijinhos,
Tati Carvalho

You Might Also Like

6 Comments

  • Reply Tanêssa 19 de Maio de 2015 at 01:02

    Parabéns! !!! Seu blog tá show.
    Na minha opinião não vejo problemas desde que a criança tenha um limite estipulado pelos pais. Li uma pesquisa que diz que o uso dos jogos aumentam a criatividade e estimula a concentração mas os jogos tem que ser adequados para as respectivas idades e o limite do tempo estabelecido não deve ultrapassar 1 hora diária. Não sei onde li isso, afinal já faz um tempo, mas aki em casa da super certo e ele (3 anos) respeita o horário e já nem pede mais fora de hora.

    • Reply Tati Carvalho 21 de Maio de 2015 at 09:46

      Tany, vc consegue uma coisa bem legal com o Pedro! Por conta da idade, ele já tem como compreender que deve haver limites! É o que quero fazer com a Luana tb! Como tudo com ela tem sido bem tranquilo, acho que vou conseguir tb! Que assim seja! Parabéns pelo Pedro! Menino mais obediente não há! Beijinhos!

  • Reply Geovani 19 de Maio de 2015 at 01:08

    Não sou pai ainda, mais Tio sou! E muito babão, rs, quando meus sobrinhos estão cmg quase não sobra tempo pros tablets e tal. Pq a gente quer é matar a sdd, rs…
    Agora se tratando dos pais deve realmente ser uma tarefa árdua, ainda mais pq, quando os filhos estão ali brincando acaba sendo um descanso pra vcs.
    Mas, sem sombra de dúvidas a maior parte do tempo com esses aparelhos não dá! Uma boa saída é sempre encontrar horários para o parquinho, a boneca com as amiguinhas ou o futebol com os coleguinhas. E msm que de princípio eles possam recusar, é fato, uma criança perto de outra é questão de minutos para estarem entrosados e se divertindo. Sem falar que o soninho deles depois é bem mais gostoso.
    Papo de Tio. … rs
    Parabéns! Ta tudo muito bonito.

    • Reply Tati Carvalho 21 de Maio de 2015 at 09:49

      Nossa! Um papo de tio, mas com toda a carinha de pai! Que legal… Obrigada pela presença de sempre! Eu fico muito feliz com isso! Beijinhos!

  • Reply sergio ricardo carvalho 19 de Maio de 2015 at 15:11

    show de blog!!!!!

  • Leave a Reply